10
jun

Por
Victor Thadeu

Método Fônico

Método fônico de alfabetização: quais são os benefícios?

O método fônico, também chamado de método fonético, funciona pela combinação de um símbolo —no caso, as letras e as palavras — a seu som — o fonema. A partir do reconhecimento do som de cada letra, a criança consegue juntá-las, formando, assim, sílabas e palavras. Muito tem se falado sobre o método fônico após a definição dos seis componentes essenciais para a alfabetização no decreto da Política Nacional de Alfabetização (PNA)  

Preparamos este artigo para explicar sobre os benefícios do método fônico de alfabetização. Confira


Método fônico na aprendizagem da pronúncia correta das palavras 

Apesar de não haver uma determinação única acerca do método de alfabetização a ser adotado pelas escolas, o conjunto de seis itens — que incluem “consciência fonêmica” e “instrução fônica sistemática” — dialogam bem com o método fônico.  

As crianças alfabetizadas por meio do método fônico aprendem, desde cedo, qual a forma adequada de pronunciar os sons da língua portuguesa. Por se tratar de um método que destaca a oralidade, os alunos crescem inseridos em um ambiente em que fala e a escrita são realizadas de maneira apropriada à comunicação. 

O foco na articulação certa das palavras cabe muito bem ao contexto de muitas crianças a serem alfabetizadas, uma vez que diversos alunos ainda se encontram presos às pronunciações infantis — como a omissão de algumas vogais, por exemplo: “ombus” para ônibus —, o que pode gerar reflexos negativos no futuro. 

Além disso, há também as crianças que possuem hábitos orais impróprios, como o uso de chupeta,  o costume de “chupar o dedo” ou, até mesmo a mastigação inadequada. Todos esses fatores têm como consequência a dificuldade na pronúncia correta das palavras, e podem ser resolvidos em uma proposta de alfabetização que destaca elementos fônicos. 

 

Incita a elaboração verbal da criança 

O método, formulado de modo a seguir uma sequência sistemática, utiliza de estratégias fônicas e visuais para a integral alfabetização dos alunos. 

Por abranger múltiplos sentidos, o estudante é envolvido em uma situação em que são explorados aspectos tanto neurológicos quanto sensoriais. Dessa maneira, o ato de falar passa a atingir diversas áreas do cérebro, fazendo-o trabalhar de forma mais completa e elaborada. Logo, ao falar de modo consciente, a criança explora seus sentidos e ativa vínculos cerebrais expressivos. 

É importante ressaltar que o método fônico envolve o planejamento de atividades lúdicas, por isso essa relação entre fala e conexões cerebrais é desenvolvida de maneira divertida, através de exercícios propostos pelo alfabetizador. Em razão desse caráter lúdico, a criança naturalmente passa a perceber a fala e começa a produzir textos orais mais complexos logo no princípio do processo de alfabetização. 

 

Norteia a leitura e o conhecimento de vocábulos 

As letras são sempre expressas por meio de uma relação entre som e grafemas no método fônico de alfabetização. Na questão do decifrar textos escritos, essa relação indica que as atividades relacionadas a ler começam na abertura do processo alfabetizador, mesmo que inicialmente ocorram de forma mais simples. 

No sentido de formar leitores conscientes, o método fônico respeita o tempo do alfabetizado, introduzindo as letras e palavras de forma gradual. Geralmente, inicia-se com as vogais, depois são as consoantes. Na próxima etapa, são apresentadas palavras de fácil identificação. Em seguida, é feito o trabalho com gêneros textuais, que marcam a completa alfabetização da criança.  

A partir desse andamento progressivo de alfabetização, o novo leitor adquire fluência textual e é capaz de ler até mesmo palavras que não fazem parte de seu imaginário. Para aprender a ler, a criança utiliza o som das letras e a boca, e não o nome das letras. 

Leia mais: Mitos e verdades sobre o método fônico  

 

Estabelece um aprendizado mais significativo 

O método fônico de alfabetização envolve o estímulo à utilização da língua escrita a partir da movimentação da boca. Esse estímulo, característico do método, é ainda complementado com a forma na qual a criança em fase de alfabetização será encorajada a pensar linguisticamente. 

A alfabetização vai além do saber ler e escrever. Ligado aos estudos contemporâneos da neurociência, a criança alfabetizada pelo método fônico: 

  • Sabe utilizar a língua de forma apropriada; 
  • Consegue compreender a língua (escrita e falada) de forma ampla; 
  • É apta a analisar os textos de forma mais complexa; 
  • É capaz de questionar a linguagem que o cerca. 

A partir do desenvolvimento dessas competências que vão além da proficiência em escrita e leitura, o aluno, apesar de recém-alfabetizado, já atribui maior significado aos seus aprendizados. Além disso, seu contato com o mundo é diferenciado por envolver maior aptidão quanto às interpretações feitas em meio ao contato linguístico. Logo, a criança alfabetizada por meio do método fônico de alfabetização é caracterizada por sua consciência da realidade. 

O estímulo dos sentidos pelo método fônico 

Como apresentado anteriormente, o método fônico envolve vários sentidos, ou seja, é multissensorial. A partir de atividades lúdicas de estimulação auditiva e visual, o alfabetizado desenvolve a leitura e a escrita em diversos ambientes e situações. 

De forma geral, são benefícios do método fônico de alfabetização: 

  • O favorecimento da aprendizagem da articulação adequada dos fonemas; 
  • O estímulo à produção oral da criança, produzindo mais conexões cerebrais; 
  • A formação de uma leitura avançada e uma maior identificação das palavras; 
  • A relação com a neurociência cognitiva, o que proporciona um aprendizado profundo. 

Logo, os benefícios do método fônico não se limitam à aquisição da proficiência em leitura e escrita, uma vez que o método considera a alfabetização absoluta das crianças por meio de um desenvolvimento progressivo da relação entre palavras e sons.  

Portanto, a alfabetização de crianças por meio do método fônico acontece de forma mais rápida e eficaz. Quer saber como o método é aplicado nos materiais do Sistema Maxi? Acesse o infográfico! 

Compartilhe:

Leia Também:

Deixe seu comentário: